Primeira morte por coronavírus fora da China é registrada nas Filipinas

  • Publicado 02 / 2020

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou neste domingo que as Filipinas registraram a primeira morte fora da China provocada pelo novo coronavírus, que já deixou mais de 300 vítimas fatais em território chinês.

    De acordo com informações preliminares, a vítima é um homem chinês natural da cidade de Wuhan, origem da epidemia, que, segundo os dados disponíveis até o momento, teria sido contaminado antes de chegar às Filipinas. "É o primeiro caso de morte fora da China por esta doença", declarou Rabindra Abeyasinghe, representante da OMS nas Filipinas. "Mas precisamos levar em consideração que não é um caso de contaminação adquirida localmente. Este paciente veio do epicentro da epidemia", completou.

    O ministro da Saúde das Filipinas, Francisco Duque, disse que o homem - que faleceu em um hospital de Manila - chegou ao país acompanhado de uma chinesa que também apresentou resultado positivo para o exame do novo coronavírus.

    Esta mulher foi o primeiro caso de contaminação confirmado no país. Ela se recupera em um hospital. A notícia do falecimento foi divulgada pouco depois do governo filipino ter anunciado a suspensão de forma imediata da entrada no país de pessoas de qualquer nacionalidade procedentes da China. 

     

    Infografico-Coronavirus

    Primeira morte por coronavírus fora da China é registrada nas Filipinas